Advogado é morto a marretadas por cobrar honorários advocatícios

Unknown
0
advogado-desaparecido-caxiasA polícia localizou o corpo do advogado Fernando Félix Ferreira, que estava desaparecido desde o dia 23 de maio, na tarde de sexta-feira (3). Os restos mortais estavam escondidos na casa de Silas Peixoto de Carvalho, de 55 anos, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O homem é suspeito de cometer o crime e já está preso. Segundo a DHBF (Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense), Silas matou o advogado para não pagar uma dívida de R$ 1.000. O suspeito usou uma marreta para golpear a vítima. Após o crime, ele serrou o cadáver e dividiu os restos mortais em sacos plásticos. A polícia apreendeu a serra e a marreta usadas no crime. O delegado Fábio Cardoso afirmou que o suspeito não demonstrou arrependimento após ser preso.
Relembre o caso

O advogado sumiu depois de sair de casa no bairro Jardim 25 de Agosto, em Duque de Caxias, no dia 23 de maio, por volta de 8h30min, em direção ao Centro do município para fazer compras. Na tarde de sábado, o carro do jovem foi encontrado no Parque Centenário com todos os seus pertences, incluindo carteira e celular.

Fonte: policiaepolitica.com.br
Tags

Postar um comentário

0Comentários

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !