Santa Casa de Sobral já realizou 114 Transplantes de Córneas

Unknown
0

Foto: Ryan Hoover
Foto: Ryan Hoover
Há quase quatro anos a Santa Casa de Misericórdia de Sobral realiza transplantes de córneas e no dia 24 de setembro de 2014 inaugurou seu Banco de Olhos, que aguarda somente a divulgação no Diário Oficial da União para começar o funcionamento.
O primeiro transplante de córneas na Santa Casa de Sobral foi realizado em um paciente do município de Forquilha que estava com uma grave infecção ocular e recebeu uma córnea de um paciente de Fortaleza, tendo a visão deste olho recuperada.  Desde então já foram realizados 114 transplantes de córnea, sendo 18 somente este ano. Ressaltando que somente um desses pacientes foi custeado por um plano de saúde particular, sendo os outro 113 casos custeado pelo SUS.
No presente momento o procedimento de doação é realizado pelo Banco de Olhos de Fortaleza, porém resta apenas a divulgação no Diário Oficial da União para o segundo Banco de Olhos do Interior do Nordeste entrar em funcionamento, sendo o primeiro localizado em Petrolina no interior de Pernambuco.
Dr. Ribamar Fernandes / Foto: Ryan Hoover
Dr. Ribamar Fernandes / Foto: Ryan Hoover
O funcionamento do Bancos de Tecidos Oculares em Sobral irá facilitar o processo de doação, já que existem grandes dificuldades com relação ao tempo, pois após o óbito restam apenas seis horas para finalizar o processo de doação.
Outra dificuldade é a aceitação dos familiares, que por questões de estética tem medo de permitir a doação do globo ocular. Porém o médico oftalmologista, Dr. Ribamar Fernandes explica “O rosto não fica desfigurado, pois é retirado o globo ocular e é preenchido por um material, que substitui o olho e fechando, ficando aparentemente normal”.
Sobre o Transplante de Córneas
A córnea é um tecido localizado na porção anterior do globo ocular, sendo transparente, asférico, avascular e com a função de convergir os raios luminosos do ambiente para o centro da pupila.
Várias doenças levam a perda da transparência ou da asfericidade, como o ceratocone avançado, a ceratopatia bolhosa, as distrofias endoteliais, que são comuns; em outros casos a córnea pode sofrer com perfurações (traumáticas ou imunológicas), e ocorrências extremamente graves como úlceras infecciosas que não respondem ao tratamento clínico.
O transplante de córnea envolve um procedimento cirúrgico que substitui parte da córnea prejudicada, ou completamente, por uma córnea saudável. Tem sido realizado há vários anos com sucesso na maioria dos casos graças à melhoria das técnicas cirúrgicas, ao treinamento dos cirurgiões e aos Bancos de Tecidos Oculares que cada vez mais têm fornecido material doador de alta qualidade.
Victória Sá
Fonte Sobralnews 
Tags

Postar um comentário

0Comentários

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !