OAB de Sobral denuncia a existência de trabalho escravo nos carnaubais da cidade de Granja.

Unknown
0
A Comissão de Direitos Humanos da OAB de Sobral denunciou a existência de trabalho análogo a condição de escravo em vários carnaubais da cidade de Granja (Ceará) à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Ceará - SRTE.





Em razão de tal fato o Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) iniciou no dia 09 de dezembro uma operação nas propriedades rurais que desenvolviam atividades relacionadas a extração do pó das folhas de carnaúba naquela região com o intuito de verificar o cumprimento da legislação trabalhista e das normas de segurança e saúde no trabalho.


O Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB de Sobral, o advogado Robson Mata, participou do primeiro dia da operação com uma equipe composta por 05 (cinco) Auditores-Fiscais do Trabalho - integrantes do Grupo

Especial de Fiscalização Móvel (GEFM); 01 (um) Procurador do Trabalho; 02 (dois) Procuradores da República; 01 Defensor Público Federal; 04 (quatro) Agentes da Polícia Rodoviária Federal.


Ao final da operação 12 autos de infração foram expedidos.



Postar um comentário

0Comentários

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !