Conflito pode frustrar ida de Cid e Ciro para o PDT

Unknown
0
O PDT está se transformando em opção mais distante para os irmãos Ferreira Gomes. Poucas horas antes da reunião dos dirigentes regionais e integrantes do grupo de Cid e Ciro Gomes, hoje abrigados sob o guarda chuva do Pros, as negociações com as lideranças do PDT no Ceará não tiveram avanços com a recusa do deputado federal André Figueiredo em permanecer com o controle da sigla.

Cid e Ciro Gomes tinham avançado durante o mês de julho nas conversações com as lideranças regionais e nacionais do PDT. O presidente da Executiva Nacional, Carlos Lupi, ficou entusiasmado com a ida dos irmãos Cid e Ciro Gomes e conseguiu aceitação por parte do presidente regional André Figueiredo. Pressionado por militantes do PDT, como o deputado estadual Heitor Férrer, André decidiu rejeitar a proposta de abrir mão do comando regional como condição para entrada de Cid, Ciro, do prefeito Roberto Cláudio e de dezenas de vereadores e prefeitos que estão filiados ao PROS.

Cid e Ciro ainda conversam com as lideranças do PDT durante o dia de hoje, mas há entrave para o desembarque na sigla brizolista. Outro fato que surgiu foi a retomada, por parte do ex-governador Cid Gomes, de conversas com a cúpula nacional do PROS. Cid teria participado, na semana passada, em Brasília, de reuniões e entendimentos com dirigentes do PROS. Com isso, as portas do PROS se manteriam abertas para os irmãos Ferreira Gomes e, nesse cenário. Uma das condições para a permanência do grupo no PROS seria, também, o controle do partido no Ceará. Cid e Ciro nunca descartaram a hipótese de permanência no PROS, mas, diante de dificuldades surgidas após as eleições de 2014, surgiu a possibilidade de transferência para outra agremiação. Entre as opções, o PP, o PTB e o PDT. O PDT surgiu, pela linha ideológica, como a principal opção e, nesse sentido, as negociações foram abertas. A maior resistência nesse caminho foi o deputado estadual Heitor Férrer, que se sente no direito de concorrer, pelo PDT, como candidato a Prefeito de Fortaleza em 2016. Heitor não escondeu para aliados e eleitores o temor da entrada de Cid e Ciro Gomes no PDT. Segundo ele, a adesão dos irmãos Ferreira Gomes significaria automaticamente a mudança de rumos políticos em sua vida e, também, para outras dezenas de militantes. Os avanços nas articulações para o ingresso de Cid e Ciro davam sinais de avanços ao ponto do presidente nacional Carlos Lupi ter agendado viagem, nesta segunda-feira (17/08), para uma conversa final com os irmãos Ferreira Gomes e com o prefeito Roberto Cláudio. A viagem, segundo informações colhidas por este site, foi cancelada diante das objeções para o deputado federal André Figueiredo entregar o controle do PDT no Ceará. As conversas de Cid e Ciro sobre um novo destino partidário marcam, porém, à tarde e início da noite e, antes e durante a reunião da noite desta segunda-feira, envolvendo os dirigentes regionais do PROS, tudo pode acontecer.

Via Cearaagora
Tags

Postar um comentário

0Comentários

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !