Acusados de assassinar PM são mortos pela polícia

Unknown
0
 Os dois homens acusados de assassinar o cabo da Polícia Militar, Cunha, na noite desta segunda-feira (30) em Luzilândia foram mortos, pela polícia, na manhã de (31) na zona rural de Batalha durante troca de tiros.

Antonio Francisco Silva Cardoso, vulgo “knor”, de 19 anos, e Jorge Luiz da Silva Lima Costa, 17 anos, foram mortos durante perseguição e troca de tiros contra a polícia. A dupla foi encontrada através de investigações do Serviço de Inteligência da Polícia Militar e denúncias em um matagal da zona rural do município de Batalha.
De acordo com o Coronel Carlos Augusto, a Polícia Militar entrou em operação em todo o Estado para buscar acusados. 

“Logo após o assassinato do policial, o serviço de inteligência da policia entrou em ação, além disso, também houve uma investigação para saber por onde esses suspeitos andavam. Em toda região que eles passavam, a gente recebia informações. Iniciamos uma operação não só na região, mas em todo o Estado e nas divisas”, contou.
O Coronel completou que ao serem abordados pela polícia, os acusados reagiram e houve troca de tiros. "Eles abriram fogo contra os policiais e acabaram sendo mortos na troca de tiros", disse.

Ainda segundo o Carlos Augusto, a dupla fazia ameaças ao policial que investigava o tráfico de drogas na região. “Os dois eram suspeitos de tráfico de drogas e o policial Cunha investigava eles, eles o ameaçaram, mas o policial seguiu em frente com as investigações”, relatou.

Os corpos dos acusados serão encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Teresina.

Fonte: GP1
Tags

Postar um comentário

0Comentários

Please Select Embedded Mode To show the Comment System.*

#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Check Now
Accept !